VIANAS - ESTUDO ELABORA플O DE PROJETOS SEGURANA CONTRA INCNDIOS E MEDIDAS DE AUTOPROTE플O, PLANIFICA플O E INSTALA플O SISTEMAS DE PROTE플O CONTRA INCNDIO, Sistema automtico de dete豫o de incndios dete豫o de gases explosivos e txicos

facebook
Google+

sistemas de protec豫o contra incendio

VIANAS - Sistema automtico de dete豫o de incndios | gases explosivos | gases txicos | Inunda豫o | Sistema de extin豫o de incndios com gua | Sistema automtico de dete豫o de Inunda豫o | Sistema automtico de dete豫o

PLANIFICA플O E INSTALA플O DE SISTEMAS DE PROTE플O CONTRA INCNDIO
A VIANAS trabalha com os sistemas de protec豫o, dete豫o e extin豫o de incndios mais avanados do mercado. Oferece uma abordagem total aos sistemas de supresso de incndios, desde a sua concep豫o, projecto inicial e equipamento at ao comissionamento final.
Sistema automtico de dete豫o de gases explosivos e txicos
Sistema automtico de dete豫o de incndios
Sistema automtico de dete豫o de Inunda豫o
Sistema de extin豫o de incndios com gua (R.I.A.)
Sistema automtico de extin豫o de incndios com gua (Sprinklers, Agua pulverizada, 햓ua nebulizada, etc)
Sistema automtico de extin豫o de incndios com espuma (Baixa, Mdia e Alta Expanso)
Sistema automtico de extin豫o fixa de incndios com gs (CO2, Gases Qumicos e Gases Inertes)
Sistema de desenfumagem (Eltricos e Pneumticos)
Ilumina豫o de emergncia (Ilumina豫o de ambiente e ilumina豫o balizagem ou circula豫o)
Extintores portteis e mveis
Portas, portes e selagens corta-fogo

CONSULTADORIA DE SEGURANA
A inova豫o, qualidade do servio prestado e a capacidade de gerar valor para os nossos Clientes, representam os elementos chave da estratgia da VIANAS em qualquer mercado onde atue.Deste modo, a VIANAS dispe de um equipa tcnica de consultores, especialistas em assessoria e apoio tcnico no desenho e implementa豫o de solu寤es globais e integradas de segurana. Estas procuram desde a sua conce豫o, estar perfeitamente alinhadas e convergentes com as necessidades e caratersticas do negcio dos nossos clientes.

ESTUDO E ELABORA플O DE PROJETOS SEGURANA CONTRA INCNDIOS PARA LICENCIAMENTO DE EDIFCIOS
Projetamos os sistemas de segurana contra incndios em conformidade com a legisla豫o aplicvel:
Decreto-Lei n. 220/2008
Estabelece o Regime Jurdico da Segurana Contra Incndio em Edifcios (RJ-SCIE)
Portaria n. 1532/2008 1532/2008
Aprova o Regulamento Tcnico de Segurana contra Incndio em Edifcios (RT-SCIE)
Despacho n. 2074/2009
Despacho do Presidente da ANPC, conforme previsto no n. 4 do artigo 12. do Decreto-lei n.220/2008 de 12 de Novembro: Critrios tcnicos para determina豫o da densidade de carga de incndio modificada.
A VIANAS tem sensibilidade para execu豫o projeto transversal s diversas especialidades envolvidas no projeto de edifcios, nomeadamente:잸rquitetura, caminhos de fuga, compartimenta豫o e sinaltica,잾stabilidade prote豫o contra o fogo dos elementos estruturais,쟅nstala寤es Eltricas, dete豫o de incndios,졕guas e Esgotos, rede de combate a incndios,쟅nstala寤es Mecnicas, sistemas de controlo de fumos,

ESTUDO E ELABORA플O DE MEDIDAS DE AUTOPROTE플O
O Regulamento Geral de Segurana Contra Incndio em Edifcios, alm das disposi寤es relativas constru豫o dos edifcios (aplicvel apenas a edifcios novos ou a alterar), obriga ao estudo e elabora豫o das 밅ondi寤es Gerais de Organiza豫o e Gesto da Segurana, aplicvel a todos os edifcios, existentes ou a construir.

Na sequncia do Decreto Lei n 220/2008 de 12 de Novembro e a Portaria n 1532/2008 de 29 de Dezembro, torna-se obrigatrio implementar medidas de segurana contra incndio nos edifcios. Por conseguinte, com a entrada em vigor desta legisla豫o o Plano de Emergncia Interno da empresa deixa de cumprir os requisitos legais.

O novo regulamento obriga a que as institui寤es implementem medidas de auto-prote豫o nos edifcios ou partes de edifcio que ocupem. As medidas de auto-prote豫o, em fun豫o da utiliza豫o-tipo e respetiva categoria de risco so as seguintes:
Registos de segurana
Devero ser mantidos registos de todas as ocorrncias relacionadas com segurana contra incndios, nomeadamente em rela豫o s a寤es fiscaliza豫o, a寤es de manuten豫o de equipamentos de segurana, falsos alarmes ou alarmes intempestivos e a寤es de forma豫o. Esses registos devero ser mantidos durante 10 anos e organizados de forma a ser facilmente auditveis.쟑rocedimentos de preven豫o.
Documento que dever ser do conhecimentos geral da equipa de segurana, com regras de explora豫o e comportamento destinados a garantir a manuten豫o das condi寤es de segurana, nomeadamente no que diz respeito acessibilidade de meios de socorro, desimpedimento de vias de evacua豫o, vigilncia dos espaos de maior risco, segurana nos trabalhos de maior risco ou de manuten豫o, etc. Devero existir programas de manuten豫o dos equipamentos de segurana.
Plano de preven豫o:
Compreende todos os elementos dos 뱑egistos de segurana e 뱎rocedimentos de preven豫o atrs referidos, e ainda identifica豫o do responsvel e delegados de segurana, plantas e cortes com identifica豫o da classifica豫o de risco dos espaos, dos dispositivos ligados segurana e das vias de evacua豫o.
Procedimentos em caso de emergncia
Documento que dever ser do conhecimento geral da equipa de segurana, com a sistematiza豫o das a寤es de dete豫o, alarme e alerta, a寤es de combate e a寤es de evacua豫o do edifcio.
Plano de emergncia
Compreende, alm dos 뱎rocedimentos em caso de emergncia atrs referidos, a organiza豫o em situa豫o de emergncia (organogramas hierrquicos), o plano de atua豫o, o plano de evacua豫o, as instru寤es de segurana e as plantas de emergncia.
Forma豫o em segurana contra incndios
As a寤es de forma豫o compreendem a sensibiliza豫o para a segurana contra incndios, cumprimentos dos procedimentos de alarme e evacua豫o e instru寤es bsicas de opera豫o de extintores e carretis. Dever ainda ser dada forma豫o adicional ao pessoal cuja atividade seja desempenhada em locais de risco agravado e ao pessoal afeto equipa de segurana.
Simulacros:
Devero ser realizados simulacros (exerccios de simula豫o), com vista cria豫o de rotinas e avalia豫o da eficcia do plano de emergncia. Os exerccios devero ser realizados com a periodicidade mxima a determinar em fun豫o da utiliza豫o-tipo e respetiva categoria de risco. Os exerccios devero ser devidamente planeados e avaliados, contando com a colabora豫o dos corpos de bombeiros.
A Vianas coloca ao dispor toda a experincia e conhecimento na rea de Segurana contra Incndio, nomeadamente:
Projecto de Segurana Contra Incndios,쟏rganiza豫o e coordena豫o de simulacros,쟂orma豫o em Segurana contra Incndios em Edifcios.

SISTEMAS DE DETE플O DE INTRUS홒
Entende-se como alarme de intruso, o conjunto de dispositivos de controle (painis, teclados), sensores internos (detec豫o de movimento, abertura, ssmicos, de temperatura, etc.) e externos (perifricos e perimetrais), adequadamente projetados e instalados no local a ser protegido.

Os sistemas so monitorizados atravs de meios de transmisso diversificados (telefone(Linha analgica) ou GSM, Wireless, satlite, redes de comunica豫o, etc.) ligados uma Central receptora de alarmes ou directamente a um telemvel recepciona os eventos de controle (armado, desarmado, teste de transmisso, etc..) ou emergncias (alarmes de coa豫o/panico silencioso 24h, alarme de incndio, emergncia mdica, entre outros) e efectuar os procedimentos combinados com o cliente.

Desde as solu寤es bsicas s solu寤es mais complexas.
(Alarme intruso com dispositivos de dete豫o de movimento para prote豫o interior de escritrios/habita寤es/industria, sensores magnticos, detetores de quebra de vidros para proteger as janelas, detetores de vibra豫o para ajudar a proteger cofres, detetores de inunda豫o etc., para prote豫o exterior barreira de infravermelhos e de microondas, sistemas de prote豫o perifrica de rede e grades etc.)
Entende-se como alarme de intruso, o conjunto de dispositivos de controle (painis, teclados), sensores internos (detec豫o de movimento, abertura, ssmicos, de temperatura, etc.) e externos (perifricos e perimetrais), adequadamente projetados e instalados no local a ser protegido.
Ter um sistema de alarme de intruso, vulgarmente mais conhecido por alarme, sinal de segurana e controlo. Garante-lhe que ser alertado sempre que haja um movimento suspeito no espao protegido.

Como funciona um sistema de dete豫o de intruso?
Um sistema de detec豫o de intruso composto por dispositivos perifricos colocados em locais estratgicos com o objectivo de detectar movimentos e consequente alerta que pode ser feito por diversas vias tais como, central de controlo de monitoriza豫o de alarmes, GSM, SMS, chamada telefnica, etc.

A quem se destina um sistema de dete豫o de intruso?
Um sistema de detec豫o de intruso pode ser til para qualquer sector de mercado, empresas, industria, entidades pblicas, espaos comerciais ou residncias, etc.
Detetores
Detetores Infravermelho Passivo (PIR)- Detecta o movimento atravs da radia豫o de infravermelho emitido pelos corpos.
Detetores PIR de Longo Alcance
Detetores PIR com camara CCD Integrada
Detetores de sada (REX) - PIR
Detetores de dupla tecnologia Infravermelho Microndas Combina豫o de PIR e microndas - Deteta a emisso de energia infravermelha e microndas dos corpos. Somente aciona o disparo de alarme se a dete豫o se der nos dois elementos simultaneamente
Detetores Infravermelho Disco - Sensor de Infravermelho Passivo (IVP) para uso no teto.
Detetores de quebra de vidros para proteger as janelas mais vulnerveis.
Detetores de vibra豫o (Ssmico) para ajudar a proteger cofres de uma rea segura.
Detetores Infravermelho Passivo (PIR)
O Principio de funcionamento dos detetores PIR est baseado na dete豫o da temperatura ambiente e a do corpo humano
Detetores de sada (REX) PIR
So especialmente concebidos para aplica寤es do tipo REX (Detetores de Sada), detectam o movimento na sua rea de cobertura e enviam sinais a um sistema de controlo de acessos ou dispositivo de controlo de porta.

SISTEMAS DE CONTROLO DE ACESSOS
VIANAS tem disponvel para uma ampla gama de solu寤es dirigidas ao controlo de acessos, desde os procedimentos standard at aos processos mais sofisticados de쟃esto de portas, Controlo de entradas e sadas de pessoas, veculos,쟔istemas de acessos de segurana a sucursais bancrias e gesto de cofres.

A VIANAS tem diversos equipamentos que permitem o controlo do acesso de pessoas:
Leitores biomtricos,
Leitores de proximidade por rdio frequncia
Leitores Magnticos
Interligados com equipamentos (barreiras fsicas)
Torniquetes,
Barreiras, portes automticos, etc.
Controlo de acessos um sistema que permite controlar quais as pessoas autorizadas para entrar em determinado local registando o dia e hora de acesso.

SISTEMAS DE VIDEO-VIGIL헞CIA | CCTV
Exterior e interior,쟃rava豫o de imagens,쟔istemas inteligentes analise video,잻ete豫o de objetos abandonados, Dete豫o de movimentos, Sistemas de contagem de visitantes, Leitura de matrculas,쟔istemas de vigilncia da linha das caixas.
Desenhamos e instalamos desde solu寤es bsicas:
Sistemas de videovigilncia CCTV bsicos para desencorajar e monitorizar os roubos.
Cmaras de vdeo para monitorizar o permetro de edifcios e reas como a zona de cargas e descargas de um armazm.
Auditoria de vdeo remota de reas seguras, para garantir o cumprimento das normas de segurana.

DOMTICA
O sistema, auxiliado por sensores, permite-lhe detetar fugas de gs, inunda寤es, incndios em fase inicial, cortando imediatamente as entradas e avisando-o (e a profissionais de manuten豫o e bombeiros) do sucedido de forma a se tomarem providncias. A segurana ao nvel da dete豫o de intrusos, tambm, relevante e levada em considera豫o por estes sistemas. Atravs de completos sistemas de segurana, poder saber quem se encontra nas imedia寤es de sua casa ou escritrio, poder criar programas que desincentivem possveis intrusos e mesmo quando estes ltimos so mais persistentes e se verifica a intruso, existem mecanismos que o alertam a si (e a outras pessoas, que achar conveniente) do que se est a passar na sua propriedade. Com apenas alguns elementos de udio e vdeo poder ter, permanentemente, os seus bens vigiados.

SISTEMAS INTEGRADOS

SCANNERS DE RAIO X

DETETORES METAIS

Sistema automtico de dete豫o de incndios
Mostrar por pgina
Planifica豫o e Instala豫o | dete豫o de incndios
Planifica豫o e Instala豫o | dete豫o de incndios
A VIANAS trabalha com os sistemas de protec豫o, dete豫o e extin豫o de incndios mais avanados do mercado. Oferece uma abordagem total aos sistemas de supresso de incndios, desde a sua concep豫o, projecto inicial e equipamento at ao comissionamento final.

CONSULTADORIA DE SEGURANA

ANIFICA플O E INSTALA플O DE SISTEMAS DE PROTE플O CONTRA INCNDIO
- Sistema automtico de dete豫o de incndios
- Sistema automtico de dete豫o de gases explosivos e txicos
- Sistema automtico de dete豫o de Inunda豫o
- Sistema de extin豫o de incndios com gua (R.I.A.)
- Sistema automtico de extin豫o de incndios com gua (Sprinklers, Agua pulverizada, 햓ua nebulizada, etc)
- Sistema automtico de extin豫o de incndios com espuma (Baixa, Mdia e Alta Expanso)
- Sistema automtico de extin豫o fixa de incndios com gs (CO2, Gases Qumicos e Gases Inertes)
- Sistema de desenfumagem (Eltricos e Pneumticos)
- Ilumina豫o de emergncia (Ilumina豫o de ambiente e ilumina豫o balizagem ou circula豫o)
- Extintores portteis e mveis
- Portas, portes e selagens corta-fogo
CONSULTADORIA DE SEGURANA
ESTUDO E ELABORA플O DE PROJETOS SEGURANA CONTRA INCNDIOS PARA LICENCIAMENTO DE EDIFCIOS
ESTUDO E ELABORA플O DE MEDIDAS DE AUTOPROTE플O
MANUTEN플O DE EXTINTORES
SISTEMAS DE DETE플O DE INTRUS홒
SISTEMAS DE CONTROLO DE ACESSOS
SISTEMAS DE VIDEO-VIGIL헞CIA | CCTV
DOMTICA
SISTEMAS INTEGRADOS
SCANNERS DE RAIO X
DETETORES METAIS

Cursos

CURSOS

Servios de forma豫o dotados de meios tcnicos e humanos certificados pela잻GERT, aVianas,쟔Adisponibiliza diferentesmdulos e programas쟡e oferta para o treino de competncias profissionais atravs da forma豫o. Conscientes de que toda e qualquer forma豫o deve envolver o participante e motiv-lo para aprender, ao formatarmos os nossos mdulos쟭antivmos쟰resente o compromisso de participa豫o쟞tiva dos formandos, proporcionando assim e de forma clara,o envolvimento dos alunos no processo de aprendizagem melhorando a compreenso e a reten豫o da informa豫o transmitida.

Workshops

WORKSHOPS

Servios de forma豫o dotados de meios tcnicos e humanos certificados pela DGERT, a Vianas, SA disponibiliza diferentes mdulos e programas de oferta para o treino de competncias profissionais atravs da forma豫o. Conscientes de que toda e qualquer forma豫o deve envolver o participante e motiv-lo para aprender, ao formatarmos os nossos mdulos mantivmos presente o compromisso de participa豫o ativa dos formandos, proporcionando assim e de forma clara, o envolvimento dos alunos no processo de aprendizagem melhorando a compreenso e a reten豫o da informa豫o transmitida.

Equipamentos | Produtos

EQUIPAMENTOS | PRODUTOS

Caraterizada pelo seu cariz exigente na procura do valor, a Vianas representa exclusivamente marcas internacionais.잸 procura da excelncia nos equipamentos est no cerne da sua atua豫o assim, cosegue corresponder aos interesses do mercado mais exigente.

PROJETOS SEGURANA CONTRA INCNDIOS PARA LICENCIAMENTO DE EDIFCIOS

Estudo e elabora豫o de Projetos Segurana contra Incndios para Licenciamento de Edifcios

  1. Estudo e elabora豫o de Projetos

    Estudo e elabora豫o de Projetos

    Projetamos os sistemas de segurana contra incndios em conformidade com a legisla豫o aplicvel:

    Decreto-Lei n. 220/2008

    Estabelece o Regime Jurdico da Segurana Contra Incndio em Edifcios (RJ-SCIE)

    Portaria n. 1532/2008 1532/2008

    Aprova o Regulamento Tcnico de Segurana contra Incndio em Edifcios (RT-SCIE)

    Despacho n. 2074/2009

    Despacho do Presidente da ANPC, conforme previsto no n. 4 do artigo 12. do Decreto-lei n.220/2008 de 12 de Novembro: Critrios tcnicos para determina豫o da densidade de carga de incndio modificada

    Estudo e elabora豫o de Projetos

    Descri豫o

    Projetamos os sistemas de segurana contra incndios em conformidade com a legisla豫o aplicvel:


    Decreto-Lei n. 220/2008


    Estabelece o Regime Jurdico da Segurana Contra Incndio em Edifcios (RJ-SCIE)


    Portaria n. 1532/2008 1532/2008


    Aprova o Regulamento Tcnico de Segurana contra Incndio em Edifcios (RT-SCIE)


    Despacho n. 2074/2009


    Despacho do Presidente da ANPC, conforme previsto no n. 4 do artigo 12. do Decreto-lei n.220/2008 de 12 de Novembro: Critrios tcnicos para determina豫o da densidade de carga de incndio modificada

    Detalhes

    A VIANAS tem sensibilidade para execu豫o projeto transversal s diversas especialidades envolvidas no projeto de edifcios, nomeadamente:

    Arquitetura| caminhos de fuga, compartimenta豫o e sinaltica

    Estabilidade| prote豫o contra o fogo dos elementos estruturais

    Instala寤es Eltricas| dete豫o de incndios

    햓uas e Esgotos| rede de combate a incndios

    Instala寤es Mecnicas| sistemas de controlo de fumos

MEDIDAS DE AUTOPROTE플O

Estudo e elabora豫o de Medidas de Autoprote豫o

  1. Estudo e elabora豫o de Medidas de Autoprote豫o

    Estudo e elabora豫o de Medidas de Autoprote豫o

    O Regulamento Geral de Segurana Contra Incndio em Edifcios, alm das disposi寤es relativas constru豫o dos edifcios (aplicvel apenas a edifcios novos ou a alterar), obriga ao estudo e elabora豫o das 밅ondi寤es Gerais de Organiza豫o e Gesto da Segurana, aplicvel a todos os edifcios, existentes ou a construir.

    Na sequncia do Decreto Lei n 220/2008 de 12 de Novembro e a Portaria n 1532/2008 de 29 de Dezembro, torna-se obrigatrio implementar medidas de segurana contra incndio nos edifcios. Por conseguinte, com a entrada em vigor desta legisla豫o o Plano de Emergncia Interno da empresa deixa de cumprir os requisitos legais.

    Descri豫o
    O Regulamento Geral de Segurana Contra Incndio em Edifcios, alm das disposi寤es relativas constru豫o dos edifcios (aplicvel apenas a edifcios novos ou a alterar), obriga ao estudo e elabora豫o das 밅ondi寤es Gerais de Organiza豫o e Gesto da Segurana, aplicvel a todos os edifcios, existentes ou a construir.

    Na sequncia do Decreto Lei n 220/2008 de 12 de Novembro e a Portaria n 1532/2008 de 29 de Dezembro, torna-se obrigatrio implementar medidas de segurana contra incndio nos edifcios. Por conseguinte, com a entrada em vigor desta legisla豫o o Plano de Emergncia Interno da empresa deixa de cumprir os requisitos legais.


    Detalhes
    O novo regulamento obriga a que as institui寤es implementem medidas de auto-prote豫o nos edifcios ou partes de edifcio que ocupem. As medidas de auto-prote豫o, em fun豫o da utiliza豫o-tipo e respetiva categoria de risco so as seguintes:
    Registos de segurana
    Devero ser mantidos registos de todas as ocorrncias relacionadas com segurana contra incndios, nomeadamente em rela豫o s a寤es fiscaliza豫o, a寤es de manuten豫o de equipamentos de segurana, falsos alarmes ou alarmes intempestivos e a寤es de forma豫o. Esses registos devero ser mantidos durante 10 anos e organizados de forma a ser facilmente auditveis.
    Procedimentos de preven豫o
    Documento que dever ser do conhecimentos geral da equipa de segurana, com regras de explora豫o e comportamento destinados a garantir a manuten豫o das condi寤es de segurana, nomeadamente no que diz respeito acessibilidade de meios de socorro, desimpedimento de vias de evacua豫o, vigilncia dos espaos de maior risco, segurana nos trabalhos de maior risco ou de manuten豫o, etc. Devero existir programas de manuten豫o dos equipamentos de segurana.
    Plano de preven豫o
    Compreende todos os elementos dos 뱑egistos de segurana e 뱎rocedimentos de preven豫o atrs referidos, e ainda identifica豫o do responsvel e delegados de segurana, plantas e cortes com identifica豫o da classifica豫o de risco dos espaos, dos dispositivos ligados segurana e das vias de evacua豫o.
    Procedimentos em caso de emergncia
    Documento que dever ser do conhecimento geral da equipa de segurana, com a sistematiza豫o das a寤es de dete豫o, alarme e alerta, a寤es de combate e a寤es de evacua豫o do edifcio.
    Plano de emergncia
    Compreende, alm dos 뱎rocedimentos em caso de emergncia atrs referidos, a organiza豫o em situa豫o de emergncia (organogramas hierrquicos), o plano de atua豫o, o plano de evacua豫o, as instru寤es de segurana e as plantas de emergncia.
    Forma豫o em segurana contra incndios
    As a寤es de forma豫o compreendem a sensibiliza豫o para a segurana contra incndios, cumprimentos dos procedimentos de alarme e evacua豫o e instru寤es bsicas de opera豫o de extintores e carretis. Dever ainda ser dada forma豫o adicional ao pessoal cuja atividade seja desempenhada em locais de risco agravado e ao pessoal afeto equipa de segurana.
    Simulacros
    Devero ser realizados simulacros (exerccios de simula豫o), com vista cria豫o de rotinas e avalia豫o da eficcia do plano de emergncia. Os exerccios devero ser realizados com a periodicidade mxima a determinar em fun豫o da utiliza豫o-tipo e respetiva categoria de risco. Os exerccios devero ser devidamente planeados e avaliados, contando com a colabora豫o dos corpos de bombeiros.

    A Vianas coloca ao dispor toda a experincia e conhecimento na rea de Segurana contra Incndio, nomeadamente:
    Projecto de Segurana Contra Incndios
    Organiza豫o e coordena豫o de simulacros
    Forma豫o em Segurana contra Incndios em Edifcios

dete豫o de gases explosivos e txicos

Sistema automtico de dete豫o de gases explosivos e txicos

  1. Planifica豫o e Instala豫o | dete豫o de gases explosivos e txicos

    Planifica豫o e Instala豫o | dete豫o de gases explosivos e txicos

    A VIANAS trabalha com os sistemas de protec豫o, dete豫o e extin豫o de incndios mais avanados do mercado. Oferece uma abordagem total aos sistemas de supresso de incndios, desde a sua concep豫o, projecto inicial e equipamento at ao comissionamento final.

    Planifica豫o e Instala豫o | dete豫o de gases explosivos e txicos

    Descri豫o

    A VIANAS trabalha com os sistemas de protec豫o, dete豫o e extin豫o de incndios mais avanados do mercado. Oferece uma abordagem total aos sistemas de supresso de incndios, desde a sua concep豫o, projecto inicial e equipamento at ao comissionamento final.

    Detalhes

    Dispomos de diversas equipas tcnicas com a forma豫o adequada, devidamente equipadas e com vasta experincia na elabora豫o de projetos, fornecimentos, montagem e manuten豫o tcnica dos equipamentos e sistemas:

    Sistema automtico de dete豫o de gases explosivos e txicos

PROJETOS ESPECIAIS
Conjunto de Bombagem para Abastecimento ou Catstrofe Natural
Conjunto Moto-Bomba
VUCI | Veculo Urbano de Combate a Incndios
COMBATE A INCNDIOS
Acessrios
햓ua atomizada
Agulhetas
Bombas | Grupo supressores
Caixas | Acessrios S.I.
Espumiferos | Produtos de espuma
Extintores | Complementos
Florestais
Mangueiras | Tubos absorvos
Monitores
Ventiladores
Veculos
COMPRESSORES
Estacionrios
Portteis
COMUNICA플O
Conjuntos
Sistemas de alta voz
DETE플O | IDENTIFICA플O
Dete豫o de gases portteis
Detetores | Identificadores
Testes dete豫o de drogas | Alcoolmetros
GERADORES
Estacionrios
Portteis
ILUMINA플O
Bales
Lanternas
Mastros telescpicos
Unidades de ilumina豫o portteis
PR-HOSPITALAR
Desfibrilhadores
Desinfetantes
Transporte de pessoas
PROTE플O AMBIENTAL
Absorventes
Coletores de derrames
Equipamento industrial e de reciclagem
Limpeza
Manipula豫o
PROTE플O INDIVIDUAL E COLETIVA
EPI
EPIs | Combate a incndios estruturais
EPIs | Combate a incndios florestais
EPIs | Interven豫o qumica
EPIs | Resgate
PROTE플O PASSIVA
Armrios de segurana
Armrios para garrafas sob presso
RESGATE | SALVAMENTO
Busca | Monitoriza豫o
Cmaras de imagem trmica
Desencarceramento
Escoramento | Estabiliza豫o | Eleva豫o
Evacua豫o
Ferramentas | Motosserras | Moto-disco
Macas
Resgate em grande ngulo
Tendas
Veculos
SINALIZA플O
Acstica
Controlo de trfego
Luminosa de trabalho
Luminosa prioritria
TRANSPORTE | ACONDICIONAMENTO
Malas
Mochilas
SERVIOS

Dete豫o de gases portteis

Contactos

Morada:

Av. Associa豫o Comercial e Industrial de Gondomar

Av. Associa豫o Comercial e Industrial de Gondomar Gondomar

 

Região:

Grande Porto

 

Telefone:

224 662 580

 

Telemóvel:

224 662 580

 

E-mail:

vianas@vianas.pt

 

Gerente:

Sr. Vianas

 

Horário:

9h s 20h

 

Encerramento:

Domingo e Feriados

 

Website:

https://www.vianas.pt

 


Envie a sua mensagem para pedir informações ou orçamentos