5 à Sec - Lavandaria Engomadoria Arranjos de Roupa

LAVANDARIA ENGOMADORIA VISEU

NOVA LIMPEZA MAXIMA melhor tratamento do seu vestuário com a experiência 5àSec. Desenvolvido para corresponder às necessidades dos tecidos mais complexos, Limpeza Maxima.

Vantagens: - Qualidade melhorada na limpeza de artigos delicados. - Reavivação das cores. - Eliminação de odores. - Cuidado na limpeza das aplicações, fibras e incrustações.

Características: - Limpeza mais profunda com produtos específicos. - Mais cuidada e natural atendendo às necessidades dos tecidos.

Benefícios: - Processo de limpeza natural (não abrasivo). - Recuperação do toque, frescura e aspecto original. Experimente confiar o seu vestido de noite com aplicações à 5àSec. A sua satisfação estará garantida!

 

Produtos e Serviços

- Limpeza a seco

- Limpeza a água

- Lavagem de vestuário

- Limpeza de fatos

- limpeza de Camisas

- Limpeza de Gravatas

- Lavagem de roupa branca

- Limpeza de peles

- Limpeza de carpetes

- Limpeza de cortinados

- Limpeza de edredons

- Limpeza de roupas

- Engomadoria

- Acabamento

- Impermeabilização

- Tratamento Anti-Ácaros

- Tratamento Anti-Traças

- Goma

- Arranjos de roupa

- Costureira

- Costura especializada

- Tratamento, embelezamento e procteção dos têxteis

- Controle de Qualidade

 

Trabalhamos para revenda, Restaurantes, Hospitais, Hotéis e Particulares.

 


Contactos

facebook
Morada:

Av. Gulbenkien, nº 32
3510-055 Viseu

Região:

Centro

Telefone:

232422820

Fax:

232422820

Telemóvel:

232422820

E-mail:

lopescorreia.5asec@sapo.pt

Gerente:

Sr. Valdemar Reis e Sr. Daniel Reis

GPS:

40.655346,-7.91404

Horário:

Das 8:00 às 22:00 Horas

Encerramento:

Domingo

Website:

https://drycleaning.5asec.com


Envie a sua mensagem

Meo, Nos e Vodafone sobem ao pódio das reclamações reportadas à Deco Proteste
A maioria das queixas ao nível das comunicações eletrónicas prende-se com dificuldades na mudança de prestador de serviços e a problemas com a internet.
Venda parada da Galp dá 169 milhões ao Estado
Desde 2017 que a privatização da petrolífera nacional estagnou. Sem haver data conhecida para que o Governo decida retomar o processo, a Parpública vai engordando com os dividendos anuais da cotada.
O silêncio não é opção